Brasil encerra o ano com preço dos alimentos em patamar mais baixo

  • Data: 11/01/2018

frutaO Brasil encerrou 2017 com preços de alimentos mais baratos, pela primeira vez desde 1994. Dentro do IPCA, índice de inflação calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o grupo Alimentos e Bebidas recuou 1,87% no ano passado, contribuindo para a economia brasileira registrar a menor inflação desde 1998. Por trás do resultado está a maior produção agrícola da história. Segundo a Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), o campo viveu condições perfeitas na safra 2016/2017.
“Tudo isso é reflexo do bom desempenho da safra de grãos, registrada no ano passado, que ampliou a oferta de alimentos no país, o que combinado a outros fatores refletiu na queda dos preços aos consumidores finais”, destaca o presidente da Faeg, José Mário Schreiner.
De acordo com Schreiner, as quedas registradas geraram desafios ainda maiores aos produtores rurais na busca de rentabilidade, mas para o consumidor sem dúvida foi um resultado bastante positivo.

 

 

Assessoria de Comunicação Sistema Faeg Senar Goiás
Telefone: (62) 3096-2113

senargo.org.br

sistemafaeg.com.br

twitter.com/ SistemaFaeg

facebook.com/ SistemaFaeg
instagram.com/ SistemaFaeg